“Dançar pode mudar a maneira como você pensa”, diz o pesquisador britânico Peter Lovatt

O corpoessencia.com fez a tradução da entrevista dada por Peter Lovatt ao jornal inglês The Guardian. Leia abaixo: Por: Ian Tucker Peter Lovatt é chefe do Laboratório de Psicologia da Dança na Universidade de Hertfordshire desde que foi fundado em 2008. Antes disso, ele treinou balé, sapateado e jazz e trabalhou como dançarino profissional. Como …

Dança: uma alternativa simples, barata e prática para o tratamento de depressão

Muito além da diversão e do condicionamento físico, a dança, o movimento corporal e alongamentos são ferramentas muito poderosas para nos ajudar no controle do estresse, da ansiedade e até mesmo da depressão. É o que revela um estudo realizado na Wonkwang University, na Coreia do Sul, onde jovens de 16 anos com diagnóstico de …

Dançar: exercício de fé e vida, que une humano ao divino

"A dança é um retrato dinâmico da história humana. Ela nos relata a experiência do entusiasmo, da presença plena e atemporal que une o ser humano com o divino". Religar-se ao sagrado, ao mais puro sentimento que nasce dos movimentos do corpo é entrar em comunhão com a dança do universo. A dança da criação …

Meu corpo em essência: um caminho para se autorreconhecer

Se auto reconhecer é iniciar um processo de cuidado por quem você é. Saber identificar e poder se apropriar da sua história, dos seus hábitos, convicções, crenças, desejos e emoções. É tomar consciência daquilo que nos torna únicos, com ricas particularidades expressivas, e nos coloca em contato com a beleza da simplicidade da  alegria interior. …

10 benefícios da DANÇA para o corpo e as emoções

Dançar é uma maneira de se manter ativo e com saúde, assim atesta a ciência. Sem restrição de idade, forma, local e sem efeitos colaterais, a dança é acessível sempre que se quiser ter um bom momento. Possui uma ampla gama de benefícios físicos e mentais, e até mesmo a melhora das habilidades sociais. Dançar eleva …

Você sabia que as suas emoções podem refletir em dores no seu corpo físico?

Temos a capacidade de armazenar muitas de nossas memórias em nosso cérebro. Lembramos de nomes, lugares, pessoas, cheiros, acontecimentos… Ao longo da vida, muitas dessas memórias começam a desaparecer, porém elas continuam armazenada em nosso corpo físico-afetivo e se manifestam como sensações corporais, estados emocionais, padrões de pensamento e de comportamento. Já parou para pensar …